1 de fevereiro de 2015

True Radiance da Clarins - um foco de luz na pele

Como as coisas mudam... Lembro-me de, não há muito tempo atrás, estar obcecada por uma pele mate, isenta de qualquer ponto de luz, preocupada com os retoques constantes e em evitar a todo o custo que o meu nariz ou a minha testa mostrassem ao mundo um bocadinho da sua própria produção de óleo.
Felizmente, esse tempo passou e agora aquilo que mais privilegio é uma pele natural, sem oleosidade, claro, mas assumindo o que a pele deve mesmo ser. Basicamente, aquilo que eu nunca consigo dizer em português, por muito que tente mas que em inglês é super fácil: glowy, dewy skin.

Há tanto tempo que não me chamava nada a atenção da Clarins que até eu fiquei surpreendida com a última colecção da marca. Tenho mais uma ou duas coisinhas para mostrar para além desta True Radiance que comprei aproveitando aqueles fantásticos descontos da Primor de 30 ou 40% em produtos da marca.




A True Radiance é uma base líquida (e bem líquida), hidratante e de cobertura leve a média. Com uma só camada unifica a pele mas não disfarça grandes imperfeições mas é possível modulá-la e ir adicionando cobertura em zonas que precisem, sem deixar aspecto de máscara ou pasta. Para além da sua textura e do acabamento luminoso que deixa na pele por causa dos seus pigmentos reflectores da luz, esta base tem propriedades de tratamento, combatendo a tez baça. Para além disso tem SPF 15, que já é bastante bom, tendo em conta outras marcas e outras bases que não têm qualquer factor de protecção solar incluído.

É uma base que se trabalha muito bem, funde-se na pele e com a que quase nos esquecemos que estamos a usar alguma coisa. Tem aplicador incluído (coisa rara nos dias que correm) e a embalagem de vidro costumeira da Clarins. Existem 12 tons diferentes e pode-se encontrar em todas as perfumarias portuguesas da praxe por um preço que ronda os 35€ (mas na Primor continua a custar a ridicularia de 23,40€, já não têm é todas as cores). O tom que comprei é o 110 - Honey que não corresponde exactamente à minha cor de pele actual mas dá para ir gerindo até à Primavera, quando começarei (espero eu) a ganhar alguma cor e quando gosto (ainda) mais de uma pele a irradiar luz.





2 comentários:

  1. Teria agarrado esta se tivesse a minha cor! (Adoro peles luminosas!)

    ResponderEliminar

Obrigada pela visita! ;-)