23 de dezembro de 2014

Últimos desvarios (ou seja, últimas compras)

Desde a Black Friday, as compras cá em casa ficaram um bocadinho descontroladas e tive que juntar tudo num só post. Não é uma quantidade extraordinária de coisas mas para quem, como eu, já tem uma boa quantidade de maquilhagem, acaba por parecer sempre demasiado (estou nessa fase há algum tempo e acho que agora é de vez - enquanto não terminar uma boa dose de coisas que tenho por aqui, não se compra nada.
Temos, portanto, um pequeno ajuntamento de compras, essencialmente online, que foram surgindo desde o final de Novembro, até à semana passada. Todos os produtos foram usados (ou pelo menos testados superficialmente), excepto a máscara da Lancôme, e assim não temos só um post sobre compras, temos também as primeiras impressões sobre toda esta parafernália.
Os culpados foram, então, a Net-a-Porter (e os seus maléficos portes grátis), as espanholitas Primor e Maquillalia, a BeautyBay, a Perfumes & Companhia, o Continente e o espaço Saúde do Jumbo.
Da Net-a Porter vieram mais umas jóias da Charlotte Tilbury e da Hourglass, na forma do batom Matte Revolution na cor Amazing Grace e da paleta de pós Ambient Lighting. Entretanto vi que a DipBrown Pomade da Anastasia Beverly Hills estava bem mais barata que na BeautyBay e ainda fiz mais um pedido, já que os portes grátis duraram até dia 8 de Dezembro.
Da Primor vieram o blush Luminoso, da Milani e a máscara de pestanas Grandiose, da Lancôme, a um preço absolutamente ridículo, quando comparado com o preço cá em Portugal, mesmo depois do desconto costumeiro das nossas perfumarias.
A Maquillalia ficou praticamente sem stock na Milani (daí ter pedido o blush da Primor) mas ainda consegui agarrar dois Color Stament, nas cores Uptown Mauve e Plumrose, aos que juntei uma embalagem de shampoo seco Baptiste e um pincel para sobrancelhas da Zoeva, o 322.
Da BeautyBay vieram o Deep Sleep Pillow Spray, da This Works (que a Coisas e Cenas assegura ser milagroso - e eu já pude verificar que é verdade) e o Brow Wiz da Anastasia Beverly Hills.
Finalmente, em território nacional garanti o Instant Concealer da Clarins, um batom da colecção da Kate Moss para Rimmel London e o fofinho Rêve de Miel, aproveitando uma edição limitada acabadinha de sair. Ufa!


Agrupando agora as compras por área/ tipo de produto:
Sobrancelhas: tinha muita curiosidade em experimentar os produtos da marca Anastasia Beverly Hills e optei pelos dois mais famosos: o Brow Wiz - um lápis muito fino, com uma textura algo dura, para preencher as falhas existentes, em dias de mais pressa - e o DipBrow Pomade - muito parecido ao BulletProof Brows da Too Faced - um produto cremoso e muito pigmentado, que cria umas sobrancelhas perfeitas mesmo quando há pouco pelo envolvido. Para aplicar o DipBrow Pomade, o pincel 322 da Zoeva, recto e preciso, não acumula demasiado produto e deixa as sobrancelhas muito naturais.




Escolhi-os em tons algo diferentes já que a sua utilização também não é a mesma e posso até combiná-los (usar o DipBrow para dar forma à sobrancelha, já que é mais escuro, e o Brow Wiz para a parte inicial da mesma, que não gosto que se veja tão carregado). Até ao momento, prefiro o DipBrow. Acho-o mais fácil de usar porque me parece que a mina do Brow Wiz é dura de mais e, às vezes, parece que pigmenta pouco. Talvez seja por estar no início, não sei. Vamos esperar pelas cenas dos próximos capítulos...



Ainda não decidi se gosto do Instant Concealer da Clarins, ou se ele é tudo o que muita gente diz, blogosfera e YouTubosfera fora. Quero dar-lhe mais umas oportunidades para poder tecer comentários válidos.



Desta menina, nada de nada. Estou à espera de terminar uma ou duas máscaras que tenho abertas e depois dar-lhe-ei o uso que ela (espero) merece. Está em lista de espera...


Deste três produtos, um já é meu amigo há muito - o shampoo seco da Baptiste, o único que funciona comigo, principalmente para a zona da franja, que passa o dia a ser tocada pelos meus dedos - e continuará a ser, julgo eu, até encontrar  melhor. Esta versão é a de volume e esta coisa dura horrores! E é tão baratinha!!!
O Deep Sleep Pillow Spray sempre me chamou a atenção mas só quando a Coisas e Cenas teceu comentários maravilhosos sobre ele, me decidi a comprá-lo. Funciona, e muito melhor que algumas brumas de almofada de que já tinha falado aqui. É mágico! Adormecemos em segundos e o aroma é tão agradável que, mesmo que não funcionasse completamente, já estaria rendida. 
Por fim, o Rêve de Miel. Encontrei-o, por acaso, no balcão da parafarmácia do Jumbo e achei piada às embalagens (para além desta, há também com a tampa em verde e cor de rosa). Já tinha a versão em stick, bem mais prática de levar na carteira, mas este bálsamo é muito mais rico. Não que seja mais hidratante mas sente-se muito mais que está a cuidar da zona dos lábios. Reservo-o para casa, até porque gosto de aplicar uma boa dose de cada vez, o que não ficaria bonito de ser ver, tal não é o empastamento verificado na zona labial, principalmente à noite, antes de dormir. Lábios lisinhos e prontos para o batom, pela manhã. Garantido!






Para o rosto, os escolhidos foram o blush da Milani, no tom Luminoso (já tenho os manos Corallina e Dolce Pink) e a paleta Ambient Lighting da Hourglass. Tudo lindo, muito glow e, até ao momento, sem defeitos. Os pós da Hourglass são um mimo, até dói usar, e o blush da Milani é maravilhoso e com uma excelente relação qualidade/ preço. Não há muitas marcas que se possam orgulhar de vender produtos tão bons a menos de 7 euros.





Ando a abusar nos batons e a coleção aumentou com estas quatro aquisições: o 03 da linha Lasting Finish by Kate Moss, da Rimmel London, um tom neutro, para qualquer ocasião, muito confortável e a um preço espectacular; o Amazing Grace, da linha Matte Revolution da (querida) Charlotte Tilbury, um rosa perfeito e duradouro, mate mas confortável. Gosto muito desta linha de batons da CT mas acho que prefiro os tradicionais - o Penelope Pink é amor, amor, amor; da Milani, dois Color Statement, em tons que normalmente não escolheria. Queria o Sangria mas estava esgotadíssimo, por isso vieram apenas o Plumrose e o Uptown Mauve. Estes batons têm uma cor super intensa, são muito confortáveis e cremosos. Estas duas cores não têm qualquer brilho ou partículas que lhes confiram um tom mais acetinado mas são muito bonitas na mesma. Ah, e o preço! Tal como o blush, ridículo, quando temos em conta a sua qualidade. Deixam muitas marcas bem carotas a roerem-se de inveja. Pois é!





E para já, chega. Até fiquei cansada (a idade não perdoa) mas o mais provável é não voltar a escrever um destes posts em muito, muito tempo. Está na hora de usar (e desfrutar) de todas estas coisas, consolidar opiniões e criar muitos looks diferentes, para os poder pôr à prova. Compras, para já, só do que se for finando entretanto e, claro, for merecedor de reposição. 

6 comentários:

  1. Olha, estou contigo: o corrector da Clarins é mais ou menos mas não é, de todo, o maior. Tenciono escrever sobre ele por estes dias mas não estou nada convencida e recuso de todo as loas que lhe tecem

    ResponderEliminar
  2. Ah, e já vou em cinco cores dos blushes Milani, tenho de as mostrar. A qualidade é impressionante para o que custam!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dos que tenho, o Dolce Pink tem muito brilhante para o meu gosto e o Corallina também tinha um bocadinho a mais. Só quando o comecei a usar com mais frequência é que parece que a camada superficial se foi gastando e começou a aparecer a cor. O Luminoso não, é, sem dúvida, o melhor dos que tenho!

      Eliminar
  3. Ahahaha surreal eu tenho esses produtos quase todos e posso dizer que fizeste belíssimas compras :D Adoro o Instant Concealer e a máscara da Lancôme e acreditas que tenho exactamente essas duas cores de batons da Milani? Acho-os muito bons apenas com um problema, odeio o aroma a melancia que felizmente passa em alguns segundos.... Feliz Natal!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O pior é que não é bem melancia, é pastilha elástica de melancia, o que é bem pior (eu adoro melancia mas não posso dizer o mesmo das pastilhas elásticas)!!!! Mas são brutais! O corrector da Clarins continua a deixar-me com dúvidas, não sei bem se gosto dele ou não...
      Estou ansiosa para experimentar a Grandiose! Eu adoro pestanas cheias de volume e espero que esta máscara mas deixe assim. Fingers crossed! Bom Natal e beijinhos!

      Eliminar

Obrigada pela visita! ;-)